O que nós acreditamos

«Exortando a batalhar pela fé uma vez dada aos santos.» (Judas 3)

Usamos aqui as palavras que outros já escreveram tão bem.

O que nós estamos é evidente pelo que publicamos, e a orientação cristã evangélica é evidente por isso.

O que acreditamos, em suma

Estamos profundamente convencidos de que as Sagradas Escrituras (a Bíblia inteira) são inspiradas por Deus. Reconhecemos sua autoridade plena e imutável e desejamos encorajar a todos a lê-los em oração todos os dias.

«Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça» (2 Timóteo 3:16).

Entre os pontos fundamentais da «verdade do Evangelho» que Jesus, o Filho de Deus, nos deu a conhecer, podemos mencionar os seguintes pontos incompletos:

  • As Santas Escrituras :

    A inspiração divina e a autoridade soberana da Bíblia (Antigo e Novo Testamento) que é a Palavra de Deus, livre de erros nos originais.

  • Deus :

    Um só Deus, Todo-Poderoso, em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo — Criador do universo e da terra e de tudo o que existe.

  • Jesus Cristo :

    Verdadeiro Deus e verdadeiro homem, sua preexistência eterna, seu nascimento de uma virgem, sua vida perfeita entre os homens, sua morte na cruz para expiar nossos pecados, sua ressurreição e ascensão corporal, seu retorno pessoal, efetivo e próximo, para buscar o seu próprio e julgar o mundo. Jesus está vivo e glorioso.

  • O Homem e o Pecado :

    A responsabilidade de cada homem diante de Deus: todos pecaram e merecem condenação.

  • A Salvação :

    • A justificação, realizada pela graça de Deus em Jesus Cristo e recebida somente pela fé (arrependimento indispensável); a necessidade do novo nascimento levando a uma vida de piedade, santidade e testemunho da glória de Deus, através da ação do Espírito Santo.
    • O perdão dos pecados e a vida eterna oferecidos gratuitamente a quem crê no Senhor Jesus; a condenação eterna de quem não crê.
  • A Igreja :

    • A descida do Espírito Santo na Terra após a ascensão de Cristo, para formar a Igreja.
    • A Igreja (ou assembléia) é composta por todos os cristãos nascidos de novo. Eles estão unidos a Jesus Cristo em um só corpo através do Espírito Santo, como membros do corpo à cabeça.
    • Os cristãos locais se reúnem em torno do Senhor Jesus, reconhecem sua autoridade e se submetem à orientação do Espírito Santo e não à de um homem.
    • Os dons do Espírito Santo e sua ação para a edificação e crescimento do corpo de Cristo.
  • O Futuro :

    • A expectativa do Senhor Jesus que virá para ressuscitar os crentes que já estão mortos, mudar os corpos dos crentes vivos e levá-los para o céu junto com Ele.
    • A vinda de Cristo reina na terra e o julgamento final dos vivos e dos mortos que não acreditaram.
    • A felicidade eterna dos redimidos; o castigo eterno dos pecadores.

O que acreditamos, em detalhes

  1. Acreditamos que a Bíblia é a Palavra e a revelação de Deus, nossa única e infalível autoridade. Nós afirmamos a inerrância das Escrituras porque os 66 livros do cânon foram inspirados por Deus (2 Timóteo 3:16). Afirmamos a absolutez e a unidade da verdade bíblica no triplo nível de mensagem, história e ciência (1 Coríntios 2:12–13).
  2. Acreditamos em um só Deus, santo, eterno e onipotente, criador do céu e da terra (Isaías 43:10–13). Acreditamos na unidade da Deidade mantendo a distinção das pessoas (Trindade): Pai, Filho e Espírito Santo (Mateus 28:19; 2 Coríntios 13:13).
  3. Acreditamos na divindade absoluta de Jesus Cristo, em sua preexistência eterna (Romanos 9:5; João 1:1; 20:28; Colossenses 2:9; Tito 2:13; Hebreus 1:7–12).
  4. Acreditamos em sua concepção milagrosa no ventre da virgem Maria (encarnação) (Isaías 7,14; Mateus 1,18–25; Lucas 1,35; João 1,14; Gálatas 4,4).
  5. Nós acreditamos em Sua ressurreição corporal, Sua ascensão, Sua presença à direita do Pai (Lucas 24:34, 39; Atos 1:3; Romanos 4:25; 1 Coríntios 15; Atos 1:9–11; 2:32–33; Romanos 8:34).
  6. Acreditamos em Seu retorno para ressuscitar os mortos, para tirar a Igreja, para julgar a humanidade e estabelecer Seu reino de glória (João 5:25–29; Atos 24:15; 1 Coríntios 15:20–23; 51–55; 1 Tessalonicenses 4:13–18; 5:1–11).
  7. Nós acreditamos na personalidade e divindade do Espírito Santo (Atos 5:3–4; Efésios 4:30; Hebreus 10:29). Foi derramado em plenitude sobre a terra em Pentecostes (dia histórico e único) após a glorificação de Jesus (João 7:37–39; 14:15–20; 16:7; Atos 1:4–5; 2:32–33). O Espírito Santo convence do pecado, regenera aquele que crê, incorpora-o à Igreja (batismo do Espírito, experiência inicial da vida cristã) (João 16:8; Atos 2:37–40; Tito 3:5–6; Colossenses 12:13; Romanos 8:9; 1 Coríntios 6:11, 19; 1 Tessalonicenses 4:7–8; 2 Tessalonicenses 2:13).
  8. Acreditamos na perda total e na perdição dos homens que morreram em seus pecados, na universalidade do pecado, na culpabilidade do pecador (Gênesis 3:1–8; 6:3, 5; Jeremias 17:9; Mateus 7:11; Romanos 3:9–23; 5:12–19; Efésios 2:1–3).
  9. Nós acreditamos na expiação do pecado pelo sangue do Filho de Deus e na salvação pela graça. Acreditamos que uma alma regenerada é salva pelo tempo e pela eternidade à medida que Deus completa a obra que Ele começou (Romanos 3:23–24; Efésios 2:8–9; 2 Coríntios 5:17; Romanos 6:1–14; Efésios 5:18; Romanos 8:23–25).
  10. Acreditamos na unidade dos membros do corpo de Cristo, a Igreja, que consiste daqueles regenerados pela semente incorruptível da Palavra e do Espírito de Deus (Efésios 4:1–16; João 3:3, 5, 8; 1 Pedro 1:23–25; Mateus 13:24–43; Apocalipse 18:1–4).
  11. Acreditamos que Satanás existe, que ele é uma personalidade poderosa (João 14:30; 2 Coríntios 4:4; Efésios 2:2; 1 João 5:19). Acreditamos que sua atividade se dirige especialmente aos membros da Igreja, com o objetivo de desarmá-los, acusá-los e enganá-los (Lucas 22:31-32; 1 Pedro 5:8–9; 2 Coríntios 11:1–4; 13–15; Efésios 6:10–12; 1 Timóteo 3:6–7).
  12. Acreditamos que estamos nos últimos dias, com suas inegáveis características: abandono de Deus (apostasia), impiedade, violência, sedução, convulsão social e política (Mateus 24:1–14; 1 Timóteo 4:1–3; 2 Timóteo 3:1–5; 4:1–4; Tiago 5:1–9). Acreditamos que estas condições preparam a manifestação do Anticristo e pedem o julgamento de Deus (Isaías 61:2; João 5:43; Colossenses 3:62; 2 Tessalonicenses 2:1–12; 4:3; 1 João 2:18; Apocalipse 13:1–10).
  13. Acreditamos no reinado justo e pacífico de nosso Senhor Jesus Cristo, com os Seus, na terra (Salmos 2; 45; 72; Isaías 9:5; 11:1–10; 49:5–7; Daniel 7:14; Zacarias 14:1–5; 2 Tessalonicenses 1:6–10; Apocalipse 2:26–27; 20:4–6).
  14. Acreditamos em um céu de eterna e perfeita felicidade para os homens regenerados, na presença imediata de Deus, e em um lugar de castigo eterno e consciente para os ímpios, no lago de fogo e enxofre, longe de Deus e na presença de Satanás, a besta e o falso profeta (Mateus 25:46; Apocalipse 20:10–15; 21; 22).

Que se diga de todos aqueles que hoje lêem ou ouvem as Escrituras Sagradas:

«A recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo é, na verdade), como palavra de Deus, a qual também opera em vós, os que crestes.» (1 Tessalonicenses 2:13)

Isenção de responsabilidade : o conteúdo deste site é abertamente a favor da Bíblia e da verdade que ela contém. Alguns tópicos são controversos e as posições tomadas podem ser consideradas inaceitáveis por algumas pessoas que não gostam da verdade bíblica. Algumas condutas ou palavras são positivamente desaprovadas ou mesmo condenadas, e algumas pessoas podem interpretar isto como incitamento ao ódio. Isto seria errado, porque Deus ama o pecador, mesmo que Ele odeie o pecado. Da mesma forma, não odiamos o pecador ou incitamos ao ódio.

Este avisa o leitor que ele lê, vê ou escuta o conteúdo oferecido neste site por sua própria conta e risco.